Remetente de bom destinatário

Quero ver-lhe por inteiro;
admirar suas várias faces;
tendo avistado seu cabelo
saberei se somos metades

Para cada maravilhosa parte
aplicarei distinta análise
na métrica do meu método
seu milímetro é-me inquieto

Agradeço-lhe com ar sincero
você assassinou minha dúvida
dissimulando minha pergunta:
“Houve algo antes mais belo?”

Navego por suas lindas curvas
mas apenas com um propósito,
desvelar todas suas agruras,
fazer morada no seu inóspito

Seu sorriso, sussurro profundo,
maltrata sempre meus joelhos
sucumbo ao seu hostil mundo
ajoelho-me pelos seus efeitos

Interromper-me eu não consigo
minha busca gosta de te achar
perdedores são muito aflitos
daí seu atroz olhar me ganhar!

Autor: Lucas Vinícius da Rosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.