Para mães ou pais

Pais, não se preocupem demais
houve demasiados demais aqui
foram aquis muito localizados
irei globalizar nossos abraços

Desejo-lhes cinco continentes
e quando eu estiver deprimente
por falta de mim, ou ausente,
terei minha mãe de 32 dentes

São-me minha arcada dentaria
mordem a morte, trazem-me vida
no infeliz dia dos banguelas
dormirei de boca muito aberta

Olhe no fundo dos meus olhos
veja minha nua alma paterna;
dilacere todos os meus focos
e enxergará minha tez materna

Autor: Lucas Vinícius da Rosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.