Entre cores e vidro

Cheguei atrasado no meu próprio enterro
pois, quando beijei a morte na boca
era outra boca que eu queria beijar
como é triste perceber que esse mundo inteiro
fadar-se-á à mentira do próprio sentimento

Hipocrisia é um cupim que corrói madeira de lei
assim mesmo, com olhos rasos d’água verei
meu fim dentro de um caleidoscópio
encontrar-me-ei perdido entre cores e vidro
e de lá resgatarei, ainda em vida, meu epitáfio

Autor: Armindo Guerra Jr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *